Guimarães finalista ao prémio Capital Verde Europeia 2020
10 de Novembro, 2017

Guimarães é uma das 13 cidades finalistas ao prémio de Capital Verde Europeia 2020, uma distinção que reconhece cidades que estão a aumentar a fasquia em práticas ambientais urbanas.

Um painel de doze especialistas independentes e internacionalmente reconhecidos vão agora avaliar tecnicamente cada candidatura.

As cidades que passarem esta fase serão anunciadas em abril (2018) e apresentarão a candidatura perante um júri internacional. Em junho, uma cidade irá ser galardoada com o Prémio Capital Verde da Europa 2020.

Além de Guimarães, concorrem as seguintes cidades ao prémio de Capital Verde da Europa 2020: Lisboa (Portugal), Aberdeen (Reino Unido), Budapeste (Hungria), Bursa (Turquia), Ghent (Bélgica), Lahti (Finlândia), Ostrava (República Checa), Prato (Itália), Reykjavik (Islândia), Sevilha (Espanha), Tallinn (Estónia) e Wroclaw (Polónia).

São 28 as cidades de 21 países de toda a Europa que competem oficialmente aos Prémios «Capital Verde da Europa» 2020 e «Folha Verde da Europa» 2019. É o mais elevado número de candidatos na história das duas iniciativas. Com o título de 2020, o Prémio «Capital Verde da Europa» 2020 celebra o 10º aniversário, depois de ter arrancado em 2010 com a vitória de Estocolmo, na Suécia.

Informação em destaque
5º Passeio “Pedalar Pela Igualdade”
21 de Outubro, 2018
Peditório nacional das Missões até este domingo
21 de Outubro, 2018
Sociedade Musical de Pevidém assinala 124º aniversário
20 de Outubro, 2018
Contextile 2018 – Bienal de Arte Têxtil Contemporânea
20 de Outubro, 2018
UMinho organiza 3º Encontro Eurorregional de Música e Artes Cénicas
20 de Outubro, 2018
Mano a Mano hoje no Jazz em Fafe
20 de Outubro, 2018
Publicidade