PSD e CDS acusam presidente da câmara de fugir à responsabilidade política
10 de Julho, 2017
PSD e CDS acusaram esta manhã o presidente da câmara de Guimarães de fugir da responsabilidade política no caso que relaciona o arquitecto Filipe Vilas Boas, chefe da Divisão de Desenvolvimento Económico da Câmara de Guimarães, à Ecoibéria.
Na manhã desta segunda-feira, numa conferência de imprensa convocada pelos dois partidos, o líder dos sociais-democratas, César Teixeira, começou por 'pedir desculpa' ao vereador Ricardo Costa a quem foram atribuídas responsabilidades no âmbito do processo, que afinal deviam ser assumidas pelo presidente da câmara.
Também Orlando Coutinho, do CDS-PP, apontou que houve um 'jogo de empurra' na atribuição das responsabilidades políticas deste caso.
Informação em destaque
Parlamento dos Jovens no Colégio do Ave
18 de Janeiro, 2019
Concurso de Ideias Projeto Empreendedorismo 2018/19
17 de Janeiro, 2019
“Portugal 2020 – Incentivos ao Investimento”
16 de Janeiro, 2019
Noite de Reis na ADCL
18 de Janeiro, 2019
Estrutura de Missão convoca vimaranenses
18 de Janeiro, 2019
Prisão preventiva para suspeitos de tráfico
18 de Janeiro, 2019
Publicidade