PSD e CDS acusam presidente da câmara de fugir à responsabilidade política
10 de Julho, 2017
PSD e CDS acusaram esta manhã o presidente da câmara de Guimarães de fugir da responsabilidade política no caso que relaciona o arquitecto Filipe Vilas Boas, chefe da Divisão de Desenvolvimento Económico da Câmara de Guimarães, à Ecoibéria.
Na manhã desta segunda-feira, numa conferência de imprensa convocada pelos dois partidos, o líder dos sociais-democratas, César Teixeira, começou por 'pedir desculpa' ao vereador Ricardo Costa a quem foram atribuídas responsabilidades no âmbito do processo, que afinal deviam ser assumidas pelo presidente da câmara.
Também Orlando Coutinho, do CDS-PP, apontou que houve um 'jogo de empurra' na atribuição das responsabilidades políticas deste caso.
Informação em destaque
A visão e a arquitectura marcam o 27º encontro do PubhD UMinho
24 de Maio, 2018
Os Verdes exigem Requalificação Urgente de escolas em Guimarães
24 de Maio, 2018
Sete candidaturas aprovadas para o Banco de Terras de Guimarães
22 de Maio, 2018
‘O Cineclube e a Cidade 1958-2018’
21 de Maio, 2018
16ª Reunião Descentralizada do Executivo Municipal
24 de Maio, 2018
HSO quer que todas as suas áreas clínicas funcionem diariamente
24 de Maio, 2018
Publicidade