PSD e CDS acusam presidente da câmara de fugir à responsabilidade política
10 de Julho, 2017
PSD e CDS acusaram esta manhã o presidente da câmara de Guimarães de fugir da responsabilidade política no caso que relaciona o arquitecto Filipe Vilas Boas, chefe da Divisão de Desenvolvimento Económico da Câmara de Guimarães, à Ecoibéria.
Na manhã desta segunda-feira, numa conferência de imprensa convocada pelos dois partidos, o líder dos sociais-democratas, César Teixeira, começou por 'pedir desculpa' ao vereador Ricardo Costa a quem foram atribuídas responsabilidades no âmbito do processo, que afinal deviam ser assumidas pelo presidente da câmara.
Também Orlando Coutinho, do CDS-PP, apontou que houve um 'jogo de empurra' na atribuição das responsabilidades políticas deste caso.
Informação em destaque
Provedora da SCMG faleceu
12 de Novembro, 2018
Guimarães acolhe I Edição do "Wine Fair"
12 de Novembro, 2018
XX Colóquio de Outono reflete sobre a paz e liberdade
12 de Novembro, 2018
Exposição 'Monges e Guerreiros' no Paço dos Duques
12 de Novembro, 2018
Posicionamento da Marca de Turismo de Guimarães
12 de Novembro, 2018
“Há Teatro n'Aldeia”
12 de Novembro, 2018
Publicidade