Deputados do PSD questionam Ministério das Finanças sobre IMI no Centro Histórico de Guimarães
23 de Fevereiro, 2017

Os deputados do PSD enviaram uma pergunta ao Ministério das Finanças sobre IMI no Centro Histórico de Guimarães.

Concretamente os parlamentares querem saber ‘qual a quantia exata de IMI cobrada, sobre os imóveis localizados no Centro Histórico de Guimarães (zona classificada pela UNESCO como Património da Humanidade), nos anos 2014, 2015 e 2016?’.

Tendo em conta a lei de bases para a protecção e valorização do património cultural e o estatuto de benefícios fiscais, que estipulam a isenção do IMI para todos os prédios localizados nos centros históricos - património da humanidade, e dado que desde 2014 tem vindo a ser cobrado IMI no centro histórico de Guimarães, os social-democratas querem apurar junto do governo que quantia foi cobrada nos últimos três anos.

Informação em destaque
Provedora da SCMG faleceu
12 de Novembro, 2018
Guimarães acolhe I Edição do "Wine Fair"
12 de Novembro, 2018
XX Colóquio de Outono reflete sobre a paz e liberdade
12 de Novembro, 2018
Exposição 'Monges e Guerreiros' no Paço dos Duques
12 de Novembro, 2018
Posicionamento da Marca de Turismo de Guimarães
12 de Novembro, 2018
“Há Teatro n'Aldeia”
12 de Novembro, 2018
Publicidade