BE em Serzedelo: CMG “está a criar falsas expectativas”
14 de Fevereiro, 2017

O deputado bloquista Pedro Soares e o presidente da Junta de Freguesia de Serzedelo, estiveram reunidos ontem para analisar o impasse nas obras de recuperação da Igreja de Santa Cristina.

A intervenção para a recuperação da igreja do século XII deveria ter iniciado até 2016.

De acordo com nota do BE, o presidente da junta de Serzedelo indicou que a Câmara Municipal de Guimarães “diz que assume todos os encargos financeiros e que está a fazer o levantamento de todo o processo, uma vez que a empresa Iberdrola recuou na intenção de fazer as obras ao abrigo da lei de Mecenato”.

Para o deputado Pedro Soares, a autarquia vimaranense “está a criar falsas expectativas e ilusões em Serzedelo porque nem sequer pode intervencionar neste edifício”, por estar classificado como monumento nacional. O bloquista refere que “só a Direção Regional de Cultura do Norte pode intervir”.

Informação em destaque
Obra de requalificação da Torre de Alfândega arrancou
20 de Fevereiro, 2020
1417 ninhos de vespa velutina destruídos em 2019
20 de Fevereiro, 2020
5ª edição da ICHTOUR
20 de Fevereiro, 2020
Exposição "Antigos Instrumentos de Tortura"
20 de Fevereiro, 2020
Obras na rotunda de Silvares concluídas dentro de um ano
20 de Fevereiro, 2020
Famalicão discute autonomia e flexibilização curricular
19 de Fevereiro, 2020
Publicidade