BE em Serzedelo: CMG “está a criar falsas expectativas”
14 de Fevereiro, 2017

O deputado bloquista Pedro Soares e o presidente da Junta de Freguesia de Serzedelo, estiveram reunidos ontem para analisar o impasse nas obras de recuperação da Igreja de Santa Cristina.

A intervenção para a recuperação da igreja do século XII deveria ter iniciado até 2016.

De acordo com nota do BE, o presidente da junta de Serzedelo indicou que a Câmara Municipal de Guimarães “diz que assume todos os encargos financeiros e que está a fazer o levantamento de todo o processo, uma vez que a empresa Iberdrola recuou na intenção de fazer as obras ao abrigo da lei de Mecenato”.

Para o deputado Pedro Soares, a autarquia vimaranense “está a criar falsas expectativas e ilusões em Serzedelo porque nem sequer pode intervencionar neste edifício”, por estar classificado como monumento nacional. O bloquista refere que “só a Direção Regional de Cultura do Norte pode intervir”.

Informação em destaque
Grupo Folclórico de Souto celebra 60 anos
19 de Maio, 2019
Confraternização de Ponte a S. Torcato realiza-se domingo
19 de Maio, 2019
AVCPV constrói ‘passadeira solidária’
19 de Maio, 2019
Festas em honra de Nossa Senhora de Fátima - Tabuadelo
18 de Maio, 2019
Eleições Europeias: ações de campanha em Guimarães
18 de Maio, 2019
Prémio Príncipe da Beira com candidaturas abertas
19 de Maio, 2019
Publicidade