Academia Militar e UM realizam Pós-Graduação com a NATO
01 de Novembro, 2016
A Escola de Engenharia da Universidade do Minho e a Academia Militar iniciam em novembro a primeira edição da pós-graduação em Cibersegurança e Ciberdefesa, em colaboração com diversas instituições de ensino superior e empresas, enquadrada numa iniciativa da NATO. O curso de um ano decorrerá em Lisboa e Guimarães, em horário pós-laboral e inclui um vasto programa de visitas e conferências. Destina-se a quadros licenciados e gestores civis e militares, incluindo as Forças Armadas e Forças de Segurança. As inscrições decorrem até 8 de novembro, nos sites das instituições promotoras. As formações serão ministradas por docentes da Academia Militar, das universidades do Minho, Lisboa, Porto, Católica de Braga e Portucalense, bem como dos institutos politécnicos de Beja, Porto, Viana do Castelo, Leiria e, ainda, com a colaboração de um conjunto de empresas que operam na área. Pretende-se que este Programa Internacional de Formação Pós-graduada em Cibersegurança e Ciberdefesa faça a ponte entre a academia, as empresas e a indústria, afirmando o papel de Portugal como polo de excelência internacional neste domínio. Por outro lado, visa desenvolver conhecimentos estruturantes sobre a segurança na era da informação a diplomados das áreas da engenharia, sistemas e tecnologias de informação, gestão e ciências militares, refere Henrique Santos, professor da Escola de Engenharia da UMinho e um dos dinamizadores do programa.
Informação em destaque
Reunião Conjunta Agenda Digital CPLP - Guimarães
29 de Junho, 2017
17º PubhD UMinho
29 de Junho, 2017
Comissão Europeia distingue Guimarães com o selo URBACT
28 de Junho, 2017
Teatro: 'Memorial do Convento' nas Taipas
29 de Junho, 2017
Rui Antunes é o candidato do BE à JF de Caldelas
29 de Junho, 2017
Irmandade de S. Pedro celebra padroeiro
29 de Junho, 2017
Publicidade