DRCN: Paço dos Duques e MAS entre os mais visitados
10 de Outubro, 2016

O número de visitantes nos sete museus sob alçada da Direção Regional de Cultura do Norte (DRCN) registou, até final do mês de setembro, uma subida de 8,35% em relação ao período homólogo, totalizando 461.706 entradas.

Um aumento que acompanha a tendência global do último ano em que a subida registada – apenas nos museus – foi de 12,5%, quando comparada com os dados de 2014.

O Paço dos Duques de Bragança, em Guimarães, continua a ser o espaço museológico que mais visitantes atrai, registando um total de 269.660 entradas, o que se traduz numa subida de 8,9%.

E o Museu que, até ao momento, regista um maior aumento no número de visitantes, tendo em conta a variação homóloga, é o Museu de Alberto Sampaio, em Guimarães, que cresceu 29,6%, totalizando 71.503 visitantes até final de setembro.

Na análise por nacionalidade dos públicos, constata-se que o Museu de Lamego e o Paço dos Duques registaram, no período considerado, mais visitantes estrangeiros do que nacionais, sendo os recordistas de afluência, a par do Museu de Alberto Sampaio, de entre os sete museus tutelados pela Direção Regional de Cultura do Norte.

Informação em destaque
Proteção Civil recomenda prevenção face a alerta de mau tempo
14 de Dezembro, 2019
"As paragens onde o tempo habita”
14 de Dezembro, 2019
UMinho oferece cerca de 8 000 brinquedos a crianças da região
14 de Dezembro, 2019
MAS e SCMG celebram 600 anos da capela de S. Brás
13 de Dezembro, 2019
PS Guimarães promove Fórum sobre a Demografia
14 de Dezembro, 2019
Prémio Victor de Sá de História Contemporânea
13 de Dezembro, 2019
Publicidade