DRCN: Paço dos Duques e MAS entre os mais visitados
10 de Outubro, 2016

O número de visitantes nos sete museus sob alçada da Direção Regional de Cultura do Norte (DRCN) registou, até final do mês de setembro, uma subida de 8,35% em relação ao período homólogo, totalizando 461.706 entradas.

Um aumento que acompanha a tendência global do último ano em que a subida registada – apenas nos museus – foi de 12,5%, quando comparada com os dados de 2014.

O Paço dos Duques de Bragança, em Guimarães, continua a ser o espaço museológico que mais visitantes atrai, registando um total de 269.660 entradas, o que se traduz numa subida de 8,9%.

E o Museu que, até ao momento, regista um maior aumento no número de visitantes, tendo em conta a variação homóloga, é o Museu de Alberto Sampaio, em Guimarães, que cresceu 29,6%, totalizando 71.503 visitantes até final de setembro.

Na análise por nacionalidade dos públicos, constata-se que o Museu de Lamego e o Paço dos Duques registaram, no período considerado, mais visitantes estrangeiros do que nacionais, sendo os recordistas de afluência, a par do Museu de Alberto Sampaio, de entre os sete museus tutelados pela Direção Regional de Cultura do Norte.

Informação em destaque
“Alterações Climáticas: Resiliência Local & Cenários Globais”
16 de Outubro, 2018
UM: Alargamento de oferta de alojamento
16 de Outubro, 2018
Obras de beneficiação de edifício da Cooperativa Agrícola
15 de Outubro, 2018
“The Walking Body”
15 de Outubro, 2018
CMG distinguida com o Prémio Viver em Igualdade
16 de Outubro, 2018
Famalicão debate economia circular
16 de Outubro, 2018
Publicidade