CIAJG: “Objectos Estranhos: ensaio de proto-escultura”
11 de Julho, 2016

O Centro Internacional das Artes José de Guimarães (CIAJG) tem patente um novo ciclo expositivo.

“Objectos Estranhos: ensaio de proto-escultura” é o título da exposição que irá celebrar no CIAJG a riqueza do território e da comunidade vimaranenses.

A exposição “Objectos Estranhos: ensaio de proto-escultura” tem por objetivo reunir um amplo conjunto de peças do património religioso, popular e arqueológico da região de Guimarães, fazendo-as dialogar com peças de artistas contemporâneos.

Através da extensa paisagem de objetos expostos – que vão desde as pinturas de Mestre Caçoila até ex-votos em cera, passando por peças notáveis de alguns dos mais significativos espólios museológicos do Concelho, como é o caso de S. Torcato, S. Francisco ou Fermentões – pretende-se celebrar a riqueza, a pluralidade e a idiossincrasia de uma terra muito densa, através não só da reunião desses objetos mas, igualmente e sobretudo, de uma plêiade de convidados que, no âmbito e no interior da exposição, ajudarão a perceber as crenças, os hábitos e rituais que organizam a vida das pessoas.

Esta exposição, cuja curadoria pertence a f.marquespenteado e Nuno Faria, contará com obras de Mestre Caçoila e Musa Paradisíaca e ainda peças das coleções do Museu de Alberto Sampaio, Sociedade Martins Sarmento, Museu da Agricultura de Fermentões, Venerável Ordem Terceira de São Francisco, Associação Artística da Marcha Gualteriana, Igreja de São Domingos e obras gentilmente cedidas por colecionadores particulares.

Informação em destaque
Curtir Ciência assinala 2º aniversário este domingo
17 de Dezembro, 2017
“Sopa Solidária” na Horta Pedagógica entrega Cabaz de Natal
16 de Dezembro, 2017
Este fim-de-semana pode visitar a "Vila Natal 2017" nas Taipas
16 de Dezembro, 2017
Curtir Ciência: “Bombons Natalícios” e “Velas Aromáticas”
16 de Dezembro, 2017
CMG dota escolas com equipamento informático
14 de Dezembro, 2017
Brito: Jogo de futebol solidário
16 de Dezembro, 2017
Publicidade