“Portugal e o Futuro: Consigo, na Europa e no Mundo” no CCVF
23 de Março, 2013

Este sábado, às 18h00, no Pequeno Auditório do Centro Cultural Vila Flor, a conferência “Portugal e o Futuro: Consigo, na Europa e no Mundo” fecha o “O Castelo em 3 Atos: Assalto, Destruição e Reconstrução”. Integrado em Guimarães 2012 Capital Europeia da Cultura, e comissariado por Paulo Cunha e Silva, o projeto arrancou a 14 de Abril de 2012 com a Exposição “Assalto ao Castelo”, no Paço dos Duques, e com várias ações performativas no Castelo de Guimarães e espaço envolvente. Desde o lançamento, há quase um ano, “O Castelo” abarcou múltiplas iniciativas, desde ciclos e encomendas de cinema, até encomendas de inéditos literários para edição. Este ano, numa altura em que cresce o cepticismo relativo ao futuro do país, Guimarães 2012 dá palco à discussão (re)construtiva – ultrapassando o comentário fácil –, no sentido de uma “Reconstrução” necessária há muito – depois das fases anteriores “Assalto” e da “Destruição”. Para moderar o debate, foi convidado o Embaixador Fernando d’ Oliveira Neves, sagaz conhecedor da relação de Portugal com a Europa. Oliveira Neves foi um dos negociadores da adesão de Portugal à União Europeia e é ex-Secretário de Estado dos Assuntos Europeus no primeiro Governo Sócrates. Como oradores, marcam presença Adriano Moreira, Rui Machete e António Correia de Campos, pensadores conhecidos pela sua incondicional liberdade de pensamento e pelo seu inconformismo político e social.

Informação em destaque
I Congresso “A Morte: Leituras da Humana Condição”
21 de Janeiro, 2019
Dia das Bandeiras Verdes 2019 no Multiusos de Guimarães
21 de Janeiro, 2019
Parlamento dos Jovens no Colégio do Ave
18 de Janeiro, 2019
Curso de videoarte no Museu
21 de Janeiro, 2019
Primeira pedra para a construção do Centro de Dia em Briteiros
21 de Janeiro, 2019
17ª edição ‘Sons do Vez’
21 de Janeiro, 2019
Publicidade