“O Senhor Ibrahim e as Flores do Corão” no CCVF
16 de Março, 2013
“O Senhor Ibrahim e as Flores do Corão”, a mais recente encenação de Miguel Seabra, regressa aos palcos depois da estreia em 2012, ano em que o Teatro Meridional comemorou o seu 20º aniversário. Eleito pelo público do Festival Internacional de Teatro de Almada como Espetáculo de Honra 2013, “O Senhor Ibrahim e as Flores do Corão” segue uma das linhas de trabalho da companhia que se prende com a encenação e adaptação de textos maiores da dramaturgia mundial, prosseguindo um formato de espetáculo contado na voz de um único ator (Miguel Seabra) e acompanhado por um músico ao vivo (Rui Rebelo). Partindo do texto do dramaturgo francês Eric-Emmanuel Schmitt e numa altura em que o contexto social e político promove inquietantemente a insegurança, o Teatro Meridional escolheu contar uma história onde a simplicidade e dimensão afetiva são o esteio da representação: o “encontro” de um homem com outro homem que aconteceu no tempo de uma vida, tal como o “encontro” acontece no lugar do teatro. A história desenrola-se em Paris, nos anos 60, onde Momo, um rapazinho judeu de onze anos, se torna amigo do velho merceeiro árabe da rua Bleue. Mas as aparências iludem: o Senhor Ibrahim, o merceeiro, não é árabe, a rua Bleue não é azul e o rapazinho talvez não seja judeu. Se cada um de nós olhar para trás na sua vida, seguindo a via do entendimento da memória, perceberá certamente que em cada uma delas existiu, existiram e/ou existem figuras tutelares que determinam as pessoas que hoje somos. E, porque tantas vezes nos cruzamos com elas sem lhes devolver o seu significado profundo ou tantas vezes as deixamos partir sem lhes dizer a importância que tiveram, este é um texto sobre a escolha de caminhos e a importância da amizade no sentido mais livre e consistente do afeto. Eric-Emmanuel Schmitt é um dos dramaturgos de língua francesa mais lido e representado do mundo, cujos livros foram traduzidos para 43 línguas e cujas peças são representadas regularmente em mais de 50 países. O espetáculo está marcado para este sábado, 16 de março, às 22h00, no Pequeno Auditório do Centro Cultural Vila Flor, em Guimarães.
Informação em destaque
ESFH: XXXVI Semana Aberta
28 de Março, 2017
Detenções por condução sob o efeito do álcool
27 de Março, 2017
Deputado Pedro Soares visita à ETAR de Serzedo
27 de Março, 2017
Cineclube exibe "O Vencedor Forushande"
28 de Março, 2017
Vice Primeiro Ministro da Guiné Equatorial visita UNU-EGOV
28 de Março, 2017
UMinho lança JobLab
28 de Março, 2017
Publicidade