MIMA-FATÁXA procura vimaranenses para integrar projecto
17 de Fevereiro, 2014
O MIMA-FATÁXA está à procura de 20 participantes de Guimarães, maiores de 18 anos, para integrar este projeto.
Depois da direção artística de Almada, Um Nome de Guerra/Nós Não Estamos Algures, MIMA-FATÁXA representa o regresso de João Sousa Cardoso a José de Almada Negreiro.
Trata-se de um espetáculo concebido a partir de três textos do autor de vanguarda: Os Ingleses fumam Charuto(1919), Mima-Fatáxa (1919/1920) e A Cena do Ódio (1915), que são interpretados pela cantora Ana Deus e pelo ator Ricardo Bueno, acompanhados por vinte participantes locais.
MIMA-FATÁXA revisita a vitalidade das ideias e da linguagem do primeiro Modernismo, propondo uma crua interpelação da vida cultural, social e política do país no presente, na senda da provocação que Almada Negreiros nos lançou e deixou em herança.
MIMA-FATÁXA apresenta-se a público nos dias 28 e 29 de março, no Pequeno Auditório do CCVF.
Informação em destaque
Candidaturas para a Oficina do Empreendedor
20 de Setembro, 2019
Colocados todos os Professores de Artes Performativas
19 de Setembro, 2019
Orquestra da UMinho atua em Braga e Guimarães
19 de Setembro, 2019
"Musikalidades" na BMRB
20 de Setembro, 2019
EL: Agenda de Pré-Campanha
20 de Setembro, 2019
UMinho debate inovação e flexibilidade na educação
20 de Setembro, 2019
Publicidade