Descida acentuada de visitantes nos museus e monumentos
07 de Janeiro, 2021
Em 2020, o conjunto dos museus e monumentos afetos à Direção Regional de Cultura do Norte totalizou 665.993 visitantes, o que representa uma descida de 71% em comparação com o ano anterior, altura em que se registou um recorde de afluência.
 
Trata-se do número de entradas mais baixo da última década, justificado pela situação pandémica provocada pelo COVID-19 e que, de resto, obrigou ao encerramento dos museus e monumentos entre 15 de março e 18 maio.
Esta diminuição de afluência aos museus e monumentos tutelados pela Direção Regional de Cultura do Norte contraria a tendência de crescimento verificada nos últimos anos.
 
Em 2020, dos sete museus geridos pela Direção Regional de Cultura do Norte continua a destacar-se o Paço dos Duques com 135.412 visitantes, registando, no entanto, uma variação negativa de 70,7% em relação ao período homólogo.
O monumento mais visitado foi o Castelo de Guimarães, com um registo de 129.784 entradas (menos 65,3% do que em 2019).
Informação em destaque
Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância
19 de Abril, 2021
Paço dos Duques e Castelo assinalam DIMS
18 de Abril, 2021
Teleférico de Guimarães reabriu ao público
18 de Abril, 2021
‘Movimentos Bruxos’ no Palácio Vila Flor
19 de Abril, 2021
Reunião do executivo realiza-se esta segunda-feira
19 de Abril, 2021
Universidade do Minho abre as suas portas em formato online
18 de Abril, 2021
Publicidade