Guimarães 2012 aproxima design e artesanato
07 de Fevereiro, 2013
 A partir de hoje, dia 7, e até ao próximo sábado, Guimarães 2012 mostra no Instituto de Design de Guimarães como se pode aliar a inovação e diferenciação do design, com o artesanato local, promovendo trabalho efectivo conjunto entre designers e artesãos.
Trata-se do projeto Editoria, que se propõe reinterpretar, pelo design, os ofícios tradicionais, ainda bastante significativos no território.
O projeto Editoria convida um conjunto de designers que vão criar – com os artesãos, e em formato de workshop –, uma "colecção" de objectos, que no futuro serão também testados em processos de produção industrial na região.
Como áreas de artesanato local abordado com esta iniciativa, encontram-se os bordados, a cerâmica, a latoaria, os curtumes, o chifre e o ferro forjado.
O design propõe-se, assim, inovar com a tradição, através da manipulação da memória, da matéria e da técnica, associando o prático, o necessário, o útil, criando novos objectos e novas utilizações dos materiais já utilizados pelos artesãos.
No processo, o objectivo é o de promover a partilha de conhecimentos, criando algo que cruza o ancestral genuíno das técnicas tradicionais e as novas tecnologias.
 
Informação em destaque
Covid-19: 466 novos casos registados numa semana
15 de Janeiro, 2021
Teleférico de Guimarães encerrado até 30 de janeiro
15 de Janeiro, 2021
Restrições no contexto de confinamento para Guimarães
15 de Janeiro, 2021
‘A Oficina’ suspende atividades e encerra espaços culturais
14 de Janeiro, 2021
Portugal já entrou no novo confinamento
15 de Janeiro, 2021
IPMA: distrito de Braga em alerta devido ao frio
15 de Janeiro, 2021
Publicidade