Ourives vimaranenses criam peças alusivas à Guimarães 2013
06 de Agosto, 2013

Três casas de joalharia vimaranenses inspiraram-se no logótipo de Guimarães 2013 para criar uma coleção inédita composta por peças em prata – desde brincos, colares, pulseiras, alfinetes, pins e até porta-chaves – para assinalar e mais tarde recordar a distinção que, este ano e pela primeira vez, foi atribuída a uma cidade portuguesa. A joalharia com a marca Guimarães 2013 regista já uma forte procura, com particular destaque para as pulseiras. Depois de, em 2012, a cidade berço ter sido contagiada pelo coração que se tornou num ícone da Capital Europeia da Cultura, agora é a vez do atleta utilizado no logótipo da Guimarães 2013 – representação simbólica de D. Afonso Henriques – ser figura de destaque. Os items que compõem esta linha de merchandising podem ser adquiridos a preços acessíveis, que variam entre os 10 e os 110 euros, no Espaço CED 2013 (no Espaço Guimarães), nas ourivesarias e pontos de venda autorizados.

Joalharia e cerâmica para mais tarde recordar

Com a criação recente de souvenirs de joalharia, Guimarães 2013 vê crescer significativamente a sua gama de produtos de merchandising. Em janeiro, foi lançada uma coleção de porcelanas com a marca Guimarães CED 2013 que é já um sucesso. Canecas (com ou sem colher), chávena de café e até um mealheiro em forma de bola de futebol foram as primeiras peças – também fabricadas em porcelana – produzidas com a imagem da Guimarães Cidade Europeia do Desporto 2013.

Informação em destaque
Covid-19: 466 novos casos registados numa semana
15 de Janeiro, 2021
Teleférico de Guimarães encerrado até 30 de janeiro
15 de Janeiro, 2021
Restrições no contexto de confinamento para Guimarães
15 de Janeiro, 2021
‘A Oficina’ suspende atividades e encerra espaços culturais
14 de Janeiro, 2021
Portugal já entrou no novo confinamento
15 de Janeiro, 2021
IPMA: distrito de Braga em alerta devido ao frio
15 de Janeiro, 2021
Publicidade