Sinos das igrejas de Guimarães anunciam saída da Marcha Gualteriana
06 de Agosto, 2018
A Marcha Gualteriana sai às ruas de Guimarães esta segunda-feira, 06 de agosto, às 22h.
 
O início da Marcha será anunciado através de um repique simultâneo dos sinos das igrejas de Guimarães, em vez da tradicional girândola de fogo. Os sinos irão soar nas igrejas a repique, tocando o Hino da Cidade de Guimarães ou, em alternativa, será tocado um repique de festa.
 
A Associação Artística da Marcha Gualteriana considera que esta solução é uma medida ambientalmente amigável pelo que agradece, desde já, a colaboração e apoio de todos.
 
Esta medida deve-se à situação de alerta anunciada para este período de intenso calor, por despacho do Governo emitido na passada quarta-feira.
 
Recorde-se que o Ministro da Administração Interna declarou a Situação de Alerta para o período compreendido entre os dias 2 e 6 de agosto, para a globalidade do território continental, considerando o comunicado da Autoridade Nacional de Proteção Civil da passagem aos Estados de Alerta Especial Vermelho e Laranja do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios.
 
O desfile da Marcha Gualteriana encerra as Festas da Cidade. Na edição deste ano é novidade, ainda, o arranque da Marcha às 22h, uma hora mais cedo que o habitual.
 
A Marcha conta com nove carros de diferentes temáticas: Cidade de Guimarães, República Checa, Brave, Sociedade Musical de Guimarães, Universidade do Minho, Hawai, Música no Coração – com música ao vivo ao cargo da Sociedade Musical de Pevidém, Arte Barroca e o mítico Balonas.
 
Entre os carros alegóricos exibem-se 13 números vivos a cargo de várias associações vimaranenses.
Informação em destaque
Vimaranenses apresentam ideias para OP Jovem Portugal
24 de Abril, 2019
Comparticipação do passe da linha da cidade
24 de Abril, 2019
Sociedade Martins Sarmento assinala Dia Mundial do Livro
23 de Abril, 2019
Exposição 'Monges e Guerreiros' no Paço dos Duques
24 de Abril, 2019
Guimarães assinala os 45 anos da revolução
24 de Abril, 2019
Semana do Associativismo de Amares
24 de Abril, 2019
Publicidade