Colectivo de Guimarães apresenta-se em Malta
09 de Abril, 2018

Um grupo de seis artistas de Guimarães parte, esta segunda-feira, para Malta, onde vai desenvolver, durante uma semana, um espetáculo para a Capital Europeia da Cultura – Valletta 2018, que acontece naquele país.

A nova criação será feita em colaboração com músicos malteses e terá como ponto de partida a obra do cineasta Cecil Satariano.

O projecto MODS Collective Meet Cecil Satariano faz parte do programa oficial de Valletta 2018.

Durante uma semana os artistas portugueses vão trabalhar na criação de uma nova banda sonora para os filmes “I’m furious…Red” (1970) e “Giuseppi” (1972), duas curtas-metragens premiadas internacionalmente, mas que entretanto praticamente caíram no esquecimento.

O resgate da obra de Cecil Satariano foi feito por Luísa Alvão e Samuel Silva que fazem a curadoria da área de cinema do MODS Collective. O colectivo tem direcção musical de Samuel Martins Coelho (El Rupe, Escola do Rock) e integra, para este projecto, Pedro Gonçalves de Oliveira (El Rupe, Hot Air Balloon), Rui Souza (Outra Voz, Dada Garbeck) e Carina Albuquerque, violoncelista da Orquestra de Guimarães.

Até 14 de Abril, os artistas portugueses vão estar em residência artística em Valletta, com um grupo de cerca de uma dezena de músicos locais. O resultado deste processo de criação será apresentado no dia 15 de Abril, no cinema do Spazju Kreativ, um dos principais espaços culturais da capital de Malta.

Informação em destaque
Proteção Civil recomenda prevenção face a alerta de mau tempo
14 de Dezembro, 2019
"As paragens onde o tempo habita”
14 de Dezembro, 2019
UMinho oferece cerca de 8 000 brinquedos a crianças da região
14 de Dezembro, 2019
MAS e SCMG celebram 600 anos da capela de S. Brás
13 de Dezembro, 2019
PS Guimarães promove Fórum sobre a Demografia
14 de Dezembro, 2019
Prémio Victor de Sá de História Contemporânea
13 de Dezembro, 2019
Publicidade